VALORES COMPARTILHADOS O DNA DA ORGANIZAÇÃO

A cultura de uma empresa é composta de valores individuais, morais e éticos das pessoas estratégicas da empresa. Esses valores, quando compartilhados, permeiam toda a estrutura corporativa e criam uma visão única, que se torna o DNA da empresa. A essência da cultura empresarial é expressa pela forma como ela faz seus negócios, pela maneira como trata seus clientes e colaboradores, pelo grau de lealdade expresso por seus funcionários com relação à empresa, entre outros desdobramentos práticos no cotidiano empresarial.

Ter uma cultura definida é importante, pois demonstra a personalidade da empresa para o ambiente em que ela atua, definindo comportamentos e atitudes para todos os níveis de colaboradores. Mas a cultura organizacional é variável, sofrendo mudanças com o passar do tempo, influenciada pelo meio de atuação e adaptando-se a realidade. Por isso é importante que toda a equipe de liderança da empresa esteja alinhada e atenta, para que não se perder a essência comportamental da empresa ao longo dos anos. Mesmo assim, por vezes, é preciso analisar se a cultura organizacional está de acordo com o momento atual da empresa, e essa análise pode mostrar uma necessidade de mudança.

Poucas iniciativas corporativas são mais desafiadoras que os programas de mudança de cultura organizacional. Mudar e adaptar a cultura de uma empresa é tão importante quanto tê-la, porém esse processo deve acontecer de maneira natural e fluida para que seja perene. A Consultoria Empresarial do Instituto Economia Viva tem foco nessa mudança de cultura, trazendo inovação para a empresa e desenvolvimento humano para seus funcionários.

A Economia Viva trabalha um conceito de gestão trimembrada. Considerando que a vida social humana é composta por três diferentes dimensões: a vida cultural, a vida política e a vida econômica, para que um organismo social possa viver de forma saudável cada uma dessas dimensões deve ser regida por um princípio. Esses princípios são baseados em liberdade, igualdade e fraternidade, sendo que o aspecto cultural deve ser regido pela liberdade, o aspecto político, pela igualdade e o aspecto econômico pela fraternidade. Assim, o Instituto Economia Viva dividiu seu programa de consultoria em três pilares:

1. Gestão da Operação

Abordando questões práticas relacionadas ao dia a dia da empresa, essa parte do programa tem como objetivo trabalhar o princípio da fraternidade dentro da empresa, criando um modelo de gestão onde todas as áreas se ajudam, trabalhando em conjunto em cada projeto, propiciando que todos produzam e todos ganhem.

2. Gestão de Desenvolvimento

Baseado no conceito de que empresas só existem porque têm talentos humanos, nesse passo do programa de consultoria, a empresa é vista como uma plataforma para o desenvolvimento individual dos seus funcionários. Aqui mostramos como identificar talentos, desenvolver capacidades e os próprios indivíduos para que sejam mais produtivos e felizes.

3. Gestão do Poder – Governança

Na última etapa do programa é definido como as decisões serão tomadas. Observando a melhor maneira de encaixar a nova cultura organizacional dentro das regras e contratos e no relacionamento com parceiros. São elaborados todos os processos necessários para que as decisões tomadas no programa de consultora perdurem e passem a fazer parte da cultura da empresa.

A cultura corporativa tem impacto direto nos resultados, e uma abordagem adequada para mudança de cultura acelera esse impacto, criando uma vantagem competitiva e condições necessárias para que essa vantagem se mantenha no futuro.Se quiser ler mais, entre na nossa Biblioteca Viva.

people-2557396_1920.jpg
 
 
 

Fale com a gente.

Nome *
Nome
Telefone
Telefone